Quarta, 23 Julho 2014
Email
Adicionar aos Favoritos
RSS

escola tecnológica do litoral alentejano

No ensino técnico e profissional de qualidade, desde 1990.



 
youtube_logo

 

PARCEIRO:

ISA_Portugal2Col 

 

 

 

Pelo Código dos Contratos Públicos (CCP), todas as compras por entidades públicas deverão ser realizadas por via eletrónica em Plataformas Eletrónicas de Contratação, pelo que a ETLA adotou a Plataforma Eletrónica de Contratação vortalGOV.


Actividade no portal

Temos 15 visitantes em linha
Photo Photo Photo Photo Photo Photo Photo Photo
Escola Tecnológica do Litoral Alentejano

cartaz2014

 

SINES E A INDÚSTRIA QUÍMICA EM PORTUGAL

Quando no final da primeira metade do século XX se deram os primeiros passos da indústria de refinação em Portugal, a zona da capital foi então escolhida com base em critérios socioeconómicos cuja sustentabilidade se considerava então a mais adequada. Acessos portuários e rodoviários eram os mais atraentes para a viabilização logística relativa a transportes e escoamento de matérias-primas e produtos acabados que viessem favorecer uma autonomia que há muito se desejava como alternativa às sempre onerosas importações vigentes na altura.

Surgiu depois a ideia de dotar o norte do país de outra Refinaria que trouxesse para a região as mais-valias que a proximidade dos centros de produção sempre oferecem e complementasse a obtenção dos imprescindíveis combustíveis com a fabricação de produtos considerados então como essenciais na assistência à então promissora indústria automóvel… - óleos, lubrificantes, hidrocarbonetos aromáticos….

Só então, e já na no final da década de 50 e princípio dos anos 60, se arrancou com o projeto da terceira refinaria (não há duas sem três), sustentado por outras entidades com ligação estatal, com base em estudos que, aproveitando finalmente as potencialidades do porto de águas profundas de Sines e tendo como recursos as matérias-primas das então denominadas “províncias ultramarinas”, criasse as condições para a criação de um verdadeiro complexo petroquímico. Complexos desta natureza, quase sempre à beira mar situados, associam sempre a refinaria a uma unidade de produção de olefinas (steam craker) e seus produtos complementares, terminando esta unidade por alimentar as mais diversificadas fábricas de polimerização e não só, de acordo com as conclusões dos estudos de mercado e as oportunidades que uma comercialização rentável sempre aconselha.

Continuar...
 

Recuperação de Módulos - Época especial

 

2014

Setembro:      inscrições de 1 a 3 de setembro

           avaliações de 8 a 12 de setembro

 
O que os nossos ex-alunos pensam de nós

…tive o grato prazer de conhecer e trabalhar com grandes profissionais, que me formaram com dedicação e empenho.

João Encarnação - Barcelona 2014Depois de 20 anos, a que na altura era a Escola Profissional Neste, é uma referência incontornável para o que sou hoje como profissional e pessoa.

Tudo começou em 1990 quando tinha treze anos e ouvia falar pelos corredores do liceu de Sines da abertura de uma escola profissional nas instalações da Neste. Imediatamente fiquei interessado no conceito de continuar os meus estudos num ambiente industrial, essencialmente para poder vir a integrar mais facilmente o mercado de trabalho local.

Quando fiz os exames de admissão na escola em 1991, apercebi-me imediatamente do elevado grau de exigência da escola, ao qual tive de responder com uma atitude de esforço, dedicação e excelência durante os três anos do curso de Química.

Durante a minha formação tive o grato prazer de conhecer e trabalhar com grandes profissionais, que me formaram com dedicação e empenho. Nunca foi fácil a vida e o trabalho na escola, mas era precisamente o seu constante tom desafiador que nos ajudava (alunos) a descobrir um potencial que desconhecíamos e seguramente que nunca se haveria despertado numa escola secundária normal.

Os meus estudos na escola (entretanto mudava o nome para Escola Profissional Borealis) culminaram com a minha PAP em 1994, realizada na Instalação de Tratamento de Efluentes (ITE) e que se integrou num projecto Europeu PETRA. Foi um ano extraordinário onde o contacto directo com o ambiente fabril ultrapassou todas as minhas expectativas iniciais em relação à formação que buscava. No entanto. e por ironia do destino, foi precisamente neste ambiente que a minha vida adoptou um rumo que me forçaria a continuar os meus estudos, desistindo completamente da ideia de iniciar de imediato uma actividade profissional.

Durante a minha PAP, estudei os processos de depuração biológica da ITE onde se aplicavam inóculos de micro-organismos imobilizados em resinas. Foi então que ouvi pela primeira vez a palavra biotecnologia. O meu fascínio por esta ciência forçou-me a procurar uma formação superior, sendo que na altura apenas existiam dois cursos a nível nacional: um em Braga e outro em Faro.

Continuar...
 

…ser capaz de oferecer uma formação de reconhecida qualidade e que vai de encontro as necessidades emergentes do tecido empresarial que serve…

Desde sempre que a aicep Global Parques, enquanto empresa dedicada a gestao de parques industriais e logísticos e na oferta de serviços especializados em localização empresarial, tem procurado identificar e promover os fatores criticos que concorrem para a captacao de projetos de investimento.

Entre esses conta-se, indiscutivelmente, a oferta formativa, nomeadamente aquela que se apresente como mais diretamente ligada a atividade empresarial em causa, seja ao nível, da oferta inicial, seja ao nível, do que recorrenternente se designa por formacao permanente de ativos.

É neste quadro que uma escola como a ETLA assume um papel verdadeiramente essencial para fazer de Sines, e da sua Zona Industrial e Logística, uma região particularmente bem posicionada para a captação de importantes projetos de investimento nacionais e internacionais.

Ao ser capaz de oferecer uma formacao de reconhecida qualidade e que vai de encontro as necessidades emergentes do tecido empresarial que serve, necessidades permanentemente atualizadas e renovadas, a ETLA cumpre não só uma importante missão na criação de relevantes oportunidades de qualificacao e de elevada empregabilidade para os jovens que a frequentam, como, cumpre igualmente, um relevante papel no referee da competitividade de Sines como uma localizacao de excelencia e como uma região de grande vitalidade económica.

A ETLA tem pois sabido ao longo destes anos responder as expectativas que foram criadas com a sua criação e, estou certo, continuara a saber reinventar-se, fazendo da sua já considerável experiência, uma importante base para, ajustando a usa oferta formativa aos novos desafios que a comunidade em que se insere lhe impõe, continuar a ser uma referência na formação de todos aqueles que dela usufruem.

 

Miguel Fontes

Administrador Executivo da aicep Global Parques, S.A.

Maio de 2014

 

MAIS UMA BOA AUDITORIA AO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DA ETLA

A Qualidade da ETLA continua estável. Como já vem sendo habitual, verificou-se, no passado dia 12 de maio, a auditoria de acompanhamento à nossa escola que confirmou o elevado nível de valorização do SGQ (Sistema de Gestão da Qualidade) em funcionamento e o permanente enriquecimento da melhoria contínua e da inegável e permanente vontade de satisfazer cada vez mais os nossos clientes (os alunos).

Obtida em 2006, a certificação segundo a ISSO 9001, vem sendo confirmada em 2009, 2012 e espera-se… em 2015.Entretanto as auditorias intercalares da DNV (2007,2008,2010,2011,2013 e 2014) abonam em favor das iniciativas e procuras de otimização dos nossos princípios que, entretanto, têm vindo a ser desenvolvidos.

Desta vez, continuámos a não sofrer qualquer Não Conformidade, recebemos 3 Observações (melhoria da salvaguarda e expressão dos indicadores do sistema informático, bem como uma melhor estruturação/construção do plano de formação dos colaboradores).Foi-nos veiculado, também, um conjunto de “Sugestões de melhoria”, que nos darão, a serem seguidas, um incremento do significado e da exploração dos resultados obtidos para os objetivos ligados aos Indicadores de funcionamento dos diferentes processos que estruturam a ETLA. Algo nos foi dito que muito nos satisfaz…”Tal conjunto de sugestões só poderão ser endereçadas a organizações que já atingiram níveis de Qualidade bastante elevados”.

Para terminar, foram considerados dignos de louvor o nosso sistema de auditorias e o conjunto de metodologias de avaliação da satisfação das partes interessadas e clientes. Com o auxílio da nossa entidade certificadora, procuramos meios expeditos para levar os conceitos da Qualidade a toda a Comunidade Escolar.

 
 
<<  Julho 2014  >>
 Se  Te  Qu  Qu  Se  S  Do 
   1  2  3  4  5  6
  7  8  910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   
 
exalunos
 
 

 

Promotores da ETLA:


 

 

 

 

 

 

 

SinesTecnopolo

.

 

 

Support Wikipedia Copyright © 2014. ESCOLA TECNOLÓGICA DO LITORAL ALENTEJANO